O livro por vir

 

Foi comentador de Kafka, Musil, Proust, Herman Broch, Henri James. E, talvez, tenha influenciado discretamente Derrida e Deleuze. Dele se disse, ainda, ser mais levinassiano que o seu amigo Emmanuel Levinas. E que «procura[va] pensar judaico como Hölderlin procura[va] pensar grego». Daí o seu salto judaico como tentativa de esquecimento e de desaparecimento, de expiação e de purificação diante da catástrofe da razão moderna. Depois de Theodor Adorno escreveu: «Pensa e age para que Auschwitz nunca mais se repita». E acusou: «No silêncio de Heidegger sobre o Holocausto reside o seu erro irreparável». Eis Maurice Blanchot que me fez descobrir o escritor Joseph Joubert, aquele que nunca escreveu um livro e que se perderia, precisamente, na busca secreta e lúcida do seu livro por vir.

Conta Enrique Vila-Matas em Doctor Pasavento que um dia lhe perguntaram: «Para onde vai a literatura?». «Dirige-se para si mesmo, para a sua essência, que é o desaparecimento», respondeu imperturbável, Blanchot. Talvez, por isso, escutar, ainda, o enigmático canto das sereias «tão semelhante ao dos homens que faz suspeitar da inumanidade de todo o canto humano», e deixarmo-nos arrastar para a escrita desse fabuloso livro por vir incessantemente procurado por Joubert. Blanchot nasceu faz hoje cem anos.

Anúncios

1 Comentário

  1. […] e, por isso, vir a revelar-se não apenas inacabada, mas também inacabável – como escreveu Blanchot -, aberta, portanto, a todas as possibilidades. É que, como se afirma no livro, numa frase que […]


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s